NITIA – ABÁ: PARTE I

Aquele dia era pra ser especial, já que nos dias seguintes Nitia-Abá passaria a fase adulta e a cerimônia dependia da sua tentativa de pegar uma caça específica. Era fim de tarde e do alto do ibiã de areia ligeiramente avermelhada a menina olhava fixamente para o horizonte. A barra do rio Mundaú chamada de “grande lagoa” era realmente de tirar o fôlego.  Esse rio … Continuar lendo NITIA – ABÁ: PARTE I