15 SEGUNDOS

– Não importa o conteúdo, o que importa é a hashtag, a trilha de fundo… – Mas então, o que importa mesmo? – Se você for pensar só no conteúdo, você não irá bombar nunca. Tem que seguir uma receita de bolo, uma fórmula. Colocar uma trilha de fundo chamativa, de preferência as que estão em alta nas tendências, as trends; tem que colocar hashtags … Continuar lendo 15 SEGUNDOS

O passado

Às vezes me procuro e já não me encontro mais.Tento recorrer ao passado, mas sou bloqueado pelo agora.Busco me reconectar ao que também foi belo.Então, percebo que não existe mais. Não guardei!Não arquivei!Não memorizei!Não zelei! Porém, sei que foi vivido.Pois, ainda sinto o cheiro da nossa parede de barro.O pote secava, mas logo era cheio de novo.Nossa mesa era grande: chão da cozinha. Aonde vim … Continuar lendo O passado

Eliseu, o menino que espalhava sonhos.

Homenagem ao Prof. Eliseu Eli Barbosa Certa vez, numa manhã dessas em que nem tudo parece dar certo, uma chuva fininha, calma e doce chamada Maria, encontra-se inesperadamente com um raio de sol que fugiu entre as nuvens que o escondia. Ele era apressado, forte e aventureiro chamava-se Joaquim. Ao longe, algumas crianças brincavam e cantarolavam: “Sol e chuva, casamento de viúva… chuva e sol … Continuar lendo Eliseu, o menino que espalhava sonhos.

O livro que tu toca

Quando toquei naquele livro senti uma grande conexão, senti uma energia forte, senti como se aquele livro fosse um pendrive e eu… um computador, toda informação estava sendo transferida pra mim. Meus pelos eriçaram, sentia como se estivesse recebendo sangue depois de uma grande sangria. Minhas conexões internas recebiam descargas, meu corpo imóvel respondia com espasmos constantes. Aquele momento era sagrado, não conseguia pensar em … Continuar lendo O livro que tu toca

Me declarei

– Tá me zoando né? – questionou Saulo, quebrando aquele gelo que mais parecia um iceberg. – Não. Tô falando sério. Sou apaixonado por ti. – reafirmou Jefferson com a voz trêmula. Depois disso, apenas o som da TV ecoava ao fundo enquanto ambos continuavam mudos, trocando olhares confusos. Os dois amigos se viam naquela cena desconfortável, ao passo que um se declarava e o … Continuar lendo Me declarei

Prometi que jamais ia falar de nós

Em uma manhã normal de uma terça-feira, senti seu cheiro, lembrei como você fazia falta. Fiquei ofegante por alguns minutos imaginando suas mãos tocando as minhas, é inverno em sua cidade e verão na minha, totalmente oposto quando nos conhecemos. Parece que foi descuido, por deixarmos soltos nossos sentimentos e assim sumir de vez. Apesar que aqui dentro ainda provoca umas pontadas, e juro que … Continuar lendo Prometi que jamais ia falar de nós

VESTÍGIOS HISTÓRICOS DA PRESENÇA INDÍGENA EM TRAIRI, LITORAL OESTE CEARENSE

Antonio Juscelino Barbosa dos SantosMestrando em Ensino de História- URCA, Juscelino_13@hotmail.com.Fábia Janaína Marciel da SilvaMestranda em Ensino de História- URCA, janainamarcie@gmail.com. RESUMOTrairi está localizado á 124 km da capital Fortaleza, no litoral oeste cearense, seu nome, do indígena significa “rio de traíras”. Dos povos originários que habitaram o litoral cearense, os caçadores-coletores-pescadores holocênicos surgiram em meados da última grande mudança climática. Diante de uma maior … Continuar lendo VESTÍGIOS HISTÓRICOS DA PRESENÇA INDÍGENA EM TRAIRI, LITORAL OESTE CEARENSE

O amor é isso

Um amor de ônibus é uma sensação tão boa, da um frio bom na barriga, todos os dias às 18h15 pego o meu 075 Campus…, mas esse dia foi diferente peguei mais tarde, sentei, logo em seguida, entrou um rapaz, trocamos olhares, então foi ali que surgiram vários filminhos na cabeça, de que seria um grande amor, então trocamos olhares envergonhados e fixos, até então, … Continuar lendo O amor é isso

Tattoo

O ano era 2013. Lembro quando acordamos naquele domingo de ensaio. Ele me encarou depois de um beijo de “bom dia” e disse: – Quero fazer uma tattoo. Fiquei ali, estático por uns segundos, sem entender direito o porquê daquele desejo repentino, do nada mesmo. Sorrindo, respondi com uma pergunta: – Tem certeza? Ele fez que “sim” com a cabeça. Tomamos café e fomos ao … Continuar lendo Tattoo

Pode beijar

Beije – me,Pode beijar…Não um daqueles beijos fúnebresde lábios tremidos, boca seca,sem entrega… Não quero um desses beijos nervosos,roubados, sem emoção oucontidos. Não desejo beijos vagos,sem volúpia ou êxtases.Se queres me beijar?Beije-me,Pode beijar-me… Mas preciso de um beijo daqueles novelescoscom mordidelas, paixão e afagos.Um beijo ardente,escandalizador, sem moralidades,libidinoso por si só…cheio de décimas terceiras intenções. Quero um beijo molhado,de despedida,mas não como se fosse o … Continuar lendo Pode beijar