Vida, felicidade e outras coisas infindáveis que sombreiam-se sob a brevidade das palavras

A pequena Flor estava cansada de tanto tédio, bufava, seus sopros suspirantes eram tão altos que dava pra escutar do outro lado da rua. E ah! A rua que ela não via fazia tempos! Depois que mudou para a casa atual a única forma de ver a rua (o que matava um pouco de seu tédio) era abrindo a porta. Bom, abrir a porta é … Continuar lendo Vida, felicidade e outras coisas infindáveis que sombreiam-se sob a brevidade das palavras

De Pandas e Homens

Em uma determinada realidade (após os pandas terem tomado o controle do mundo das mãos dos humanos) a jovem princesa Panda, discute com seus pais (o Rei Pêra e a Rainha Nana) como tratar dos súditos e dos recursos naturais.      Mas minha filha, se o mundo vai se acabar de todo jeito qual a diferença de uma árvore a mais, uma árvore a menos? – … Continuar lendo De Pandas e Homens

Editais de Submissões

Quer publicar seu conto, poesia, ficção relâmpago ou crônica conosco?! Envie um e-mail com seu arquivo ou acesse o formulário seguindo as seguintes recomendações: 1º Seu arquivo deve estar no formato doc/word; 2º Seu conto deve ter entre 1.000 (mil) e 3.000 (três mil) palavras; 3º Sua crônica deve ter no máximo 2 (duas) páginas; 4º Sua ficção relâmpago deve ter entre 300 (trezentas) e … Continuar lendo Editais de Submissões

Ajude a Andrezza!

E aí pessoal, tudo bem?! Estamos aqui para falar de outra coisa muito importante. Entramos na campanha para ajudar nossa amiga, companheira e pariceira Andrezza Alves. A Andrezza tem 26 anos, e é uma pessoa com deficiência. Ela possui paralisia cerebral (diplegia espástica) CID G80.1. Para além disso, ela é nossa pariceira fixa aqui na Rede Alagadiço (inclusive em seus contos, poesias, e outros escritos … Continuar lendo Ajude a Andrezza!

APOIE O BLOG ALAGADIÇO LITERÁRIO!

Apoie no Catarse! O Blog Alagadiço Literário nasceu da necessidade de incentivo da escrita e leitura de autores e autoras cearenses. Sabemos que infelizmente a produção literária sempre esteve concentrada no eixo sul-sudeste do Brasil, quando não, no eixo Europa-EUA, e portanto, iniciativas como essa e tantas outras que englobam o Nordeste em sua produção estão surgindo. Nós do Alagadiço Literário queremos fazer parecido, porém, queremos focar nas produções … Continuar lendo APOIE O BLOG ALAGADIÇO LITERÁRIO!

O Futuro é SertãoPunk!

Vem aí a Semana SertãoPunk Você já ouvir falar no movimento literário SertãoPunk?! Ele reúne elementos como realismo mágico (gênero latino-americano), solarpunk e afrofuturismo. Surgiu como uma contraresposta ao CyberAgreste que retrata o Nordeste com elementos visuiais futurísticos, mas com esvaziamento e/ou destoamento dos símbolos da cultura nordestina. Em contrapartida o Sertãopunk aposta numa literatura onde o Nordeste é autônomo, e em seus textos abordam … Continuar lendo O Futuro é SertãoPunk!

É qu3 eu Ando d3 Ônibus

Pra ler ao som de Getúlio Abelha. O ônibus não tava lotado. Lotado é pouco pra falar daquela suruba. Em cima da minha cabeça, sacolas com carnes sintéticas me acertando; dos lados, sovacos na altura do m3u nariz; atrás, um androide falando da vida alheia e por toda parte um calor de torrar nervo. Até aí nada de novo. Tava indo pro Mercado Acioli, lá … Continuar lendo É qu3 eu Ando d3 Ônibus

Ao amor da minha vida passada

Entrando num estado de consciência e inconsistência entreguei-me a sensação de estar situada no alto de uma colina. Inspirando o ar gélido e retribuindo-o com o calor de meus pensamentos, retornei ao momento em que te olhava penetrantemente nos olhos esperando que entendesse meu pedido, que atendesse a meu chamado… Eu queria ser sua. O que não compreendia e talvez nem cogitasse, era que para … Continuar lendo Ao amor da minha vida passada

O que me faz feliz?

Vi essa pergunta escrita na minha tela assim que acordei, em um card flutuante com um fundo rosa claro e desenho de rosas pequeninhas nas bordas, me assustei por não conseguir responder a ela em poucos segundos ou não conseguir inventar algo para colocar no espaço vazio destinado para a resposta. Como essa pergunta apareceu na minha tela? Queria escrever mais, porém meu sistema de … Continuar lendo O que me faz feliz?