Sempre que dá certo

A gente sempre fica quando dá certo.

Não é um compromisso que precisamos sempre honrar. Cada um tem sua vida. Ele vive na ponte aérea entre Ceará e São Paulo. E eu aqui, no meu cantinho, no meu lugar que amo viver.

Esse lance já dura alguns anos. (quase uma década). Eu sinto um carinho especial por ele e sei que é recíproco.

Não é paixão, mas também não é só tesão.

Aliás, nem dá pra descrever ou desenhar. A gente vai vivendo e é isso. Eu curto quando tô junto, sabe: cervejinha, um lanche, talvez. TV ligada, um papo bacana, perguntas bobas, repostas sinceras.

Ele tem um gosto musical peculiar, meio nostálgico. Entre um beijo e um abraço a playlist que ele seleciona no YouTube ecoa pelo quarto me trazendo sensações antigas.

E veja só! Ele se amarra em Legião Urbana, Zeca Pagodinho, Bon Jovi.

Hoje meu dia foi tenso e ele me fez um massagem relaxante. Me deu carinho e eu sorri várias vezes pra ele contando sobre minha vida e ele sobre a sua.

Não fizemos planos pra nada. A gente pode se ver mês que vem ou quem sabe daqui a um ano.

As cinco da manhã ele parte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s